sábado, 23 de maio de 2020

baixou a pressão!

aproveitando que falei do marcio parafina, ele e um outro broder chamado alexandre, mas com um apelido que ele não gostava muito, preá, apareceram aqui em casa de dia - vamo no hollywood rock?

isso já é janeiro de 88, eu então com 17 anos.
ok, sei que dei um pulo na cronologia, mas eu volto depois.

os shows eram paralamas do sucesso, UB40 e simple minds. o simple minds era o que ninguem fazia questão de ver, o "iubi" era o lance.
o parafina apareceu aqui em casa com o carro com a frente batida, eles bateram antes de sair de casa! a historia começa assim. isso devia ser umas 14h.
e lá fomos nós pra apoteose com todo mundo olhando o carro batido. não tinha como não ver, levantou o capô do carro. tava foda.

entramos e fomos comprar uma cerveja cada um. e dále MALT 90. era a cerveja patrocinio do evento, a famosa, malte nojenta. detalhe - quente!
 daqui um tempo o parafina ja tava filando um baseado de alguem e me botou na fita.
começa o show do paralamas. não vou lembrar direito mas lembro que foi muito bom. paralamas sempre foi muito bom de show, sempre gostei. lembro que a metaleira do UB40 deu uma canja no show. no intervalo da troca de bandas, mais um baseado.
e começa o show do UB40. lembro do Ali Campbell segurando uma lata e perguntando naquele portugues tosco - voces gostar da lata?

do nada minha visão fica turva. olho pro marcio e falo - cara, minha visão tá estranha, ele não diz nada, olho de novo pra ele e não vejo mais nada. abro o olho tá todo mundo me olhando porque eu tinha desmaiado e ido ao chão.
aquele bando de voz - e ae, tá tudo bem? levantei e falo pro marcio, cara, to maus. dae ele me pega e vamo em direção às laterais da apoteose afim de achar algum posto de emergencia.

e nessas eu caio mais uma vez no chão, e outra e outra. numa hora levantei e o marcio não estava mais lá. alguem me pega pelo braço e me leva pro lado do palco. e isso eu muito maus.
só que pra surpresa nossa, lá era apenas os bombeiros. o posto médico ficava do outro lado. ficaram fazendo perguntas tipo o que eu tinha feito que não conseguia ficar em pé, ficaram vendo se eu tinha marcas de picada no braço, enfim, me colocarm numa maca e lá fomos nós até o posto medico de maca atravessando todo um hollywood rock.
cara, todo mundo gritando que era pra abrir caminho porque "um morto" tava passando.

chegando no posto medico vi de tudo, gente muito louca, gente desmaiada, gente gritando, gente meio morta, sei lá. sei que me enfiaram uma agulha com glicose e desmaiei de novo.
devo ter ficado horas dormindo porque acordei meio que no final do show do simple minds.
sai do posto medico e dei de cara com o parafina e o preá - onde voce estava? estávamos te procurando! tentei explicar o que aconteceu mas achei que era melhor a gente só ir embora.

o efeito malte nojenta + baseados + sem comer nada o dia todo + sol na cabeça o dia inteiro = pressão baixa.